Resenha: Entrevista com o Vampiro



Título Original: Interview with the Vampire.
Lançamento nos EUA: 1976
Autora: Anne Rice.
Título Nacional: Entrevista com o Vampiro
Série Nacional: Crônicas Vampirescas.
Volume: 1.
Editora: Rocco.
Páginas: 336.


"Uma história que começa com a ousadia de um jovem repórter ao entrevistar Louis de Pointe du Lac, nascido em 1766 e transformado em vampiro pelo próprio Lestat, figura apaixonante que terminará, ao longo da série, arrebatando multidões como cantor de rock. Louis, esse vampiro que se recusa a livrar-se das características humanas e aceitar a crueldade e a frieza que marcam os vampiros, continua a contar a história desde o início. É um mundo de uma fantasia impressionante, um mundo gótico, romântico, esse criado por Anne Rice e traduzido por Clarice Lispector. O texto da autora americana não poderia ter melhor intérprete, talvez mesmo cúmplice."


Entrevista com o Vampiro conta a história de Louis, um jovem de Nova Orleans que perdeu o sentido da vida afogado na culpa pela morte do irmão. Nesse momento de desespero, Lestat lhe oferece uma fuga da realidade através das vantagens de ser um vampiro e, encantado pelo ser que o persegue, Louis decide abraçar as sombras.



A transformação apura todos os seus sentidos e revela uma beleza fascinante em cada detalhe do mundo, mas o condena a uma eternidade de mortes. Sua natureza humana não deixa de existir, e as contradições de sua existência o atormentam em cada segundo.

Escrito em 1976, esse livro inicia a série As Crônicas Vampirescas, uma das mais aclamadas séries sobre o tema. Anne Rice exibe maestria única ao conduzir uma história cheia de conflitos psicológicos, cenas impactantes, sentimentos sem definição e toques de erotismo gótico.

Os cenários descritos nos transportam pelos séculos anteriores, mostrando as belezas dos luxuosos hotéis e teatros parisienses contrapostos aos escuros becos de Nova Orleans. Os sons e movimentos de cada espaço tem uma dedicação especial na narrativa. Sem se alongar nas descrições, Anne Rice faz com que vislumbremos a percepção do vampiro em cada cena.

A narração é originalmente em terceira pessoa, mas na maior parte, predomina a primeira, pois, como o próprio nome já diz, o livro é uma entrevista. O entrevistador, um rapaz humano, raramente faz perguntas, seu trabalho se resume a trocar as fitas do gravador, enquanto Louis narra pacientemente os episódios de sua biografia.

Cada novo personagem traz uma nova face à trama. Revelam-se nas palavras do vampiro sem exigir descrições psicológicas exatas. Cláudia em especial, não me deixou desgrudar do livro, vez ou outra eu me pegava tentando resolver seus mistérios.

Não é uma leitura difícil ou aterrorizante, então não tenho contraindicações, pelo contrário, Entrevista com o Vampiro foi, se não o melhor, um dos melhores livros de vampiros que já li, quem gosta de romances góticos, horror ou tramas psicológicas, vai amar essa obra. Poder, sangue, medo, amor, sonhos, morte... Um clássico que consagrou Anne Rice e conquistou o mundo.

5 comentários:

  1. Primeiramente parabéns pelo blog tanto para você, Juliana, quanto a A.H. Meiwes. Pretendo sempre acompanhar este blog de agora em diante.
    PaRabéns também pela resenha, gOstei tanto que despertOu meu inTeresse em ler o livro para,talvez, fazer uma comparação com o filme que, apesar de ser antigo (1994) é muito bom.

    Obrigado pela atenção, Beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi oi... seja bem vindo(a) ao blog =)
      Fico feliz em saber que gostou da resenha. Quando ao filme, já faz muito tempo que vi, lembro que gostei bastante. Algumas partes tiverão que ser conrtadas (como sempre), mas foi, até certo ponto, fiel ao livro.

      Abraços

      Excluir
  2. Confesso que nunca li nada da Anne Rice, mas a sua resenha despertou minha curiosidade... Vou adicionar a minha lista. Adorei a resenha.

    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada... leia sim, vale a pena =)

      Beijos da Anna

      Excluir
  3. bela resenha me deu ate vontade de ler esse livro agr

    ResponderExcluir

Não deixe de dar sua opinião sobre o post.
Adoro saber o que vocês estão achando.
Prometo responder sempre que possível.
Beijinhos!!!


Delírios Lúcidos - 2013. Todos os direitos reservados - Design by Flavia Penido.
Tecnologia do Blogger.

Delírios Lúcidos